Autarquia

Associação Internacional do Transporte Aéreo opõe-se a taxa sobre chegadas em Lisboa

09 | 12 | 2014   17.00H

A Associação Internacional do Transporte Aéreo (IATA, sigla inglesa) mostrou "oposição absoluta" à cobrança de um euro pelas chegadas a Lisboa, medida prevista na Taxa Municipal Turística, que a Câmara pretende criar em 2015.

A Taxa Municipal Turística, prevista no orçamento da Câmara de Lisboa para o próximo ano, esteve em discussão pública entre 20 de dezembro e 03 de dezembro e vai ser discutida na reunião do executivo municipal de quarta-feira.

Durante esse período, várias associações do setor pronunciaram-se sobre a taxa de um euro por passageiro que desembarque no aeroporto de Lisboa. A International Air Transport Association (IATA) foi uma dessas entidades, mostrando "oposição absoluta à proposta da taxa de chegada, na medida em que aumentará os custos totais das viagens [aéreas] com impacto significativo na procura e consequentemente nas indústrias de turismo e aviação do país", consta de um relatório dessa consulta pública, ao qual a agência Lusa teve acesso.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
Foto: João Cortesão / Destak
Associação Internacional do Transporte Aéreo opõe-se a taxa sobre chegadas em Lisboa | © João Cortesão / Destak

1 comentário

  • É só mais um euro para o município, de resto paga-se já em muitas outras cidades do mundo. A propósito, nada têm a dizer sobre os vários aumentos das taxas da ANA agora privatizada ainda este mesmo ano? É que já subiram várias vezes.
    Zé da Burra o Alentejano | 09.12.2014 | 17.43Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE