Aviação

Passos associa PS à privatização da TAP e afirma que processo vai até ao fim

17 | 12 | 2014   14.27H

O primeiro-ministro associou hoje o PS à privatização da TAP, referindo decisões de anteriores governos socialistas e defendendo que o programa de resgate impunha a venda da empresa, e afirmou que esse processo vai até ao fim.

"Todos sabem qual é o compromisso do Governo: é o de prosseguir com o processo de privatização, e não é nenhuma greve na TAP que irá colocar em causa esse processo. Esse é um processo que foi espoletado e que conhecerá o seu fim", declarou Pedro Passos Coelho, em conferência de imprensa, no final da III Cimeira Luso-Cabo-verdiana, realizada em Lisboa, no Palácio das Necessidades.

O primeiro-ministro referiu que "foi um Governo socialista que começou com decisões de Conselho de Ministros a alienar participações da TAP a investidores externos, e desde então passaram-se doze anos" e, quanto ao conteúdo do programa de resgate, defendeu: "O memorando de entendimento previa a venda da TAP, não conheço outro significado para a venda que não seja vender. Não se vende para ficar com a empresa".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
Foto: DR
Passos associa PS à privatização da TAP e afirma que processo vai até ao fim | © DR

1 comentário

  • Que Passos Coelho queira, por qualquer motivo vingar-se seja daquilo que for, é uma coisa. Mas que ele está a MENTIR em muitos pontos referentes a imposições da troca, é outro ponto a considerar na equação. O grande problema é que Passos é um ignorante, incapaz e, sejamos francos, um espantalho a que NUNCA deveria ter sido permitido governar. O PS de Sócrates começou a afundar o terreno...Passos Coelho fodeu o resto! Tristeza, vergonha e desrespeito.
    Postal de Londres | 17.12.2014 | 16.43Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE