Estudo

Escolas portuguesas passam em estudo de qualidade do ar

19 | 01 | 2015   18.53H

"Aptas para ocupação humana" é a conclusão de um estudo realizado em 20 escolas portuguesas, a propósito do impacto da suspensão de partículas de amianto na qualidade do ar, revelou hoje o secretário de Estado do Ensino e Administração Escolar.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

O estudo sobre a concentração de fibras totais respiráveis, encomendado pelo Ministério da Educação e Ciência, implicou a realização de 520 amostras, com 26 recolhidas em diversos locais de cada escola incluída na investigação, algumas delas alvo da remoção de placas de fibrocimento.

A investigação integra um plano de atuação daquele Ministério, que incluiu a remoção de placas de fibrocimento com partículas de amianto em 299 escolas do país, entre os anos de 2013 e 2014.

Saiba mais sobre:
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE