Teste

Ao volante do novo BMW X4, o SUV coupé rebelde

11 | 02 | 2015   19.03H

Testámos o novo BMW X4, considerado o irmão mais pequeno e acessível do SUV gigante X6.

João Tomé | jtome@destak.pt

É alto como um SUV, com traseira rebaixada e um centro de gravidade bem baixo como um coupé e quase tão divertido de conduzir como um Série 3.

A BMW lançou recentemente o X4 – chama-lhe carinhosamente SAV, Sports Activity Vehicle – como uma espécie de X6 mais pequeno e barato (tal como o X3 é a versão mais pequena do X5).

E como é conduzi-lo? Tal como o X6 é um SUV coupé que apela à emoção: um chassis impecável, incrivelmente estável nas curvas para um SUV tão alto, uma suspensão perfeita com o melhor dos confortos, mesmo por estradas esburacadas.

Passa por (quase) tudo que é fora de estrada com uma facilidade contagiante. É certo que tal como o irmão X6 não é feito para o TT – não é fã de lama, por exemplo –, e tem limitações na visibilidade para trás e no espaço.

Mas com 500 litros de bagageira só perde 50 litros para o mais espaçoso X3 e o que perde em habilidade (nos bancos de trás só há conforto para dois) ganha em agilidade.

O X4 é um rapaz que gosta de velocidade e dá-nos confiança na estrada – sentimo-nos imponentes por irmos mais altos mas também pela solidez e segurança na condução.

É certo que os consumos são pesados – é de contar com médias entre os 9 e 12 l/100 km, até porque tem tração integral. Custa desde 59 mil euros (o preço base é 57 mil com o motor a gasolina 20i) com caixa automática, tração integral (algo de série em todos os X4 em Portugal) e o motor brilhante que é o 20d, um diesel 2.0 litros de 190 CV (faz dos 0-100 km/h em oito segundos).

O X4 é cerca de três mil euros mais caro do que o SUV mais racional e menos desportivo X3. Ainda assim, no campo das emoções o X4 ganha em toda a linha: adora curvas e não se incomoda com os buracos da cidade e do fora de estrada - parece gostar deles! Já o gigante X6 é menos divertido e ágil (e aproveita mal o espaço que ocupa) e mais caro: desde 93 mil euros.

Saiba mais sobre:
Foto: DR
Ao volante do novo BMW X4, o SUV coupé rebelde | © DR

1 comentário

  • Dar mais ainda aos alemães? Não obrigado
    anónimo | 12.02.2015 | 12.31Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE