Actualidade

PS exige que processo de privatização da TAP pare imediatamente

16 | 04 | 2015   17.56H

O PS exigiu hoje ao Governo que "pare imediatamente" com o processo de privatização da TAP, alegando uma situação de "caos" na empresa e ausência de legitimidade política de um executivo em final de mandato.

Esta posição foi transmitida pelo coordenador da bancada socialista para as questões de economia, Rui Paulo Figueiredo, na Assembleia da República.

Perante os jornalistas, Rui Paulo Figueiredo também se demarcou do teor de algumas das reivindicações feitas pelo sindicato dos pilotos da TAP (que ameaça fazer greve entre 01 e 10 de maio), embora sempre ressalvando que o executivo estará a "esconder documentos" paralelos ao memorando assinado em dezembro.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE