Actualidade

Sete polícias angolanos mortos a tiro em confronto com seita religiosa

17 | 04 | 2015   10.24H

Sete agentes da Polícia Nacional angolana morreram e outros dois estão em estado grave depois de terem sido atingidos a tiro, na província do Huambo, por alegados membros de uma seita religiosa proibida no país.

Segundo informação divulgada hoje pelo comando provincial daquela força policial, o homicídio dos agentes, incluindo o próprio comandante municipal da Caála, aconteceu na tarde de quinta-feira, quando estes davam cumprimento a mandados de captura a elementos da igreja "Sétimo Dia a Luz do Mundo".

A morte dos agentes da Polícia Nacional aconteceu em Serra Sumé, a 25 quilómetros da Caála, tendo estes sido surpreendidos por elementos da seita, também conhecida por "Kalupeteca".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE