PUBLICIDADE
Tribunal

Carrilho condenado por três crimes de difamação

28 | 04 | 2015   15.32H

Manuel Maria Carrilho foi condenado por três dos sete crimes de difamação de que estava acusado por ter comentado aos meios de comunicação social que o padrasto de Bárbara Guimarães, Carlos Teixeira Pinto, tentara violar a apresentadora da SIC. Caso remonta a 2013.

Carrilho foi punido com 320 dias de multa à taxa diária de 20 euros, num total 6400 euros. Também terá de pagar uma indemnização por danos morais no valor de 25 mil euros.

Saiba mais sobre:
Foto: DR
Carrilho condenado por três crimes de difamação | © DR
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE