Crime

PGR moçambicana registou 42 raptos em 2014

05 | 05 | 2015   15.18H

A justiça moçambicana registou 42 processos-crime relativos a raptos em 2014, menos dois do que no ano anterior, informa um documento da Procuradoria-Geral da República enviado ao parlamento, citado hoje pela Rádio Moçambique.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

Segundo o informe anual da procuradora-geral da República, Beatriz Buchili, a ser debatido em sede parlamentar na quarta-feira, o maior número de raptos ocorreu na província e cidade de Maputo.

No início do ano, a capital moçambicana voltou a ser afetada por uma vaga anormal de criminalidade organizada e violenta e que no primeiro trimestre envolveu o rapto de quatro cidadãos de nacionalidade portuguesa.

Saiba mais sobre:
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE