ANA

Decisão de rescindir contrato com a Portway foi do diretor do aeroporto de Faro

06 | 05 | 2015   14.43H

O presidente da ANA afirmou hoje que a decisão de rescindir com a Portway no aeroporto de Faro, que levou à dispensa de 12 trabalhadores, foi tomada pelo diretor daquela infraestrutura, em busca de um serviço de "maior fiabilidade".

"O que se fez foi não renovar contrato com a Portway e procurar uma solução alternativa que desse maior fiabilidade na prestação do serviço", afirmou hoje Jorge Ponce de Leão, na comissão parlamentar de Economia e Obras Públicas, em resposta às questões do deputado do PCP Bruno Dias.

Como a Lusa noticiou, a Portway, empresa de assistência em terra da ANA - Aeroportos de Portugal, dispensou 12 trabalhadores do aeroporto de Faro, que tinham como função operar as pontes telescópicas, isto é, as 'mangas' de saída dos aviões.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE