Actualidade

UE vê como "alarmante" prisão de 14 universitários por protesto na Tailândia

30 | 06 | 2015   06.11H

A União Europeia (UE) qualificou hoje de "alarmante" a prisão de 14 estudantes universitários detidos na passada sexta-feira na Tailândia por terem participado num ato pacífico de protesto contra o golpe de Estado do ano passado.

"A detenção de 14 estudantes por acusações impostas por se terem manifestado pacificamente a 22 de maio é um acontecimento alarmante", afirmou a delegação europeia em Banguecoque, em comunicado.

Neste sentido, apelou às autoridades para que respeitem as obrigações assumidas pela Tailândia no quadro da convenção internacional sobre direitos civis e políticos.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE