Actualidade

Sinfónica Portuguesa estreia obra de Nuno Côrte-Real e um ato de ópera de Tiago Cabrita

10 | 07 | 2015   06.27H

A Orquestra Sinfónica Portuguesa, sob a direção do Maestro Osvaldo Ferreira, estreia hoje, no Festival Ao Largo, em Lisboa, a obra "Cycles", para 'yogistragong' e quarteto de cordas, de Nuno Côrte-Real.

No mesmo concerto estreia-se o primeiro ato da ópera "O deus do vulcão", de Tiago Cabrita. Do programa constam ainda as peças "Swara sulling", música tradicional para gamelão da ilha indonésia de Java, e "Hujan jepun", música tradicional da ilha indonésia de Bali, de G. de Purana e I. Wayan Gandera, com arranjos de Gilbert Stoeck, para gamelão de Java.

O primeiro ato da ópera inclui música do canto à capela e de gamelão de Elizabeth Davis, sendo o libreto de António Pacheco, a partir de uma ideia de Fernando Barata, e "video mapping", de Paulo Seabra.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE