Actualidade

Procuradoria da Colômbia vai acusar liderança das FARC de crimes de guerra

31 | 07 | 2015   05.46H

Os líderes das FARC, incluindo alguns negociadores de paz envolvidos no diálogo com o Governo colombiano em Cuba, vão ser acusados pela Procuradoria do país por alegada responsabilidade em crimes de guerra e contra a humanidade.

A informação foi avançada pelo procurador-geral da Colômbia, Eduardo Montealegre, numa entrevista a Caracol Televisión, em que, no entanto, não quis indicar os nomes dos acusados.

"No decorrer deste semestre começaremos a formular acusações por crimes de guerra contra os responsáveis máximos das FARC [Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia]. No final de agosto vamos começar a formular e solicitar estas acusações aos juízes da República", disse Montealegre.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE