Actualidade

Austrália pede participação da Europa nos ataques contra grupo Estado Islâmico

31 | 08 | 2015   05.53H

A Austrália apelou hoje à participação de países europeus nos ataques aéreos contra o grupo autoproclamado Estado Islâmico (EI) na Síria e no Iraque para ajudar a resolver a crise dos migrantes que assola a Europa.

A ministra dos Negócios Estrangeiros, Julie Bishop, explicou que o grupo 'jihadista' estava na origem da partida de centenas de milhares de migrantes para a Europa, daí a necessidade de alargar a coligação internacional.

"Mais de 40% dos que procuram asilo na Europa são oriundos da Síria e nós devemos apresentar uma frente unida para desmantelar os grupos terroristas que provocaram tantos deslocados", afirmou.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE