Dieselgate

Quem é que tem um VW, Audi, Skoda ou Seat afetado?

06 | 10 | 2015   21.14H

Grupo Volkswagen disponibiliza secções no sites das marcas para ficar a saber se o seu carro a diesel é um dos 114 mil afetados.

João Tomé | jtome@destak.pt

O plano da Volkswagen para responder ao escândalo de fraude nas emissões denominado ‘Das Problem’ ou 'dieselgate' já está em marcha e ontem chegou sob a forma de sites.

O grupo automóvel, que este ano tinha conseguido bater o grupo Toyota nas vendas mundiais, disponibiliza nos sites www.volkswagen.pt Seat.pt e Skoda.pt uma secção para ficarem a saberem se o seu automóvel tem o software fraudulento. Para isso basta ter na sua posse o número de chassis do carro.

A consulta também é possível por telefone (808308989) ou e-mail (apoio.clientes@siva.pt.

E depois de saber que o seu veículo é um dos afetados?

A marca indica que os proprietários desses veículos (estima-se que em Portugal sejam 94.400 – a que se deve acrescentar os 23 mil da Seat, num total de 117.400) deverão ser contactados hoje para serem informados da solução encontrada pela marca, que deve passar por um ‘recall’ dos veículos para substituir o software colocado no motor, que manipula as emissões de gases poluentes.

A SIVA, que importa a maioria das marcas do grupo para Portugal, garante que não há perigo: «o seu carro é seguro em termos técnicos e pode circular em estrada».

Na mensagem enviada aos afetados a VW lamenta «ter quebrado» a «confiança» e informa que está a «trabalhar a toda a velocidade para encontrar uma solução técnica», suportando totalmente qualquer custo.

VW recua nos investimentos

Representantes dos 600 mil trabalhadores do Grupo Volkswagen, incluindo António Chora, da Autoeuropa, estiveram ontem reunidos com a administração em Wolfsburgo. É certo que haverá revisão de investimentos mas não é certo que isso implique mudanças na Autoeuropa.

Foto: EPA
Quem é que tem um VW, Audi, Skoda ou Seat afetado? | © EPA
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE