PUBLICIDADE
Município

PSD renuncia à Câmara de S. João da Madeira, Oposição alega irregularidades na decisão

28 | 10 | 2015   18.15H

O presidente e os vereadores do PSD na Câmara de S. João da Madeira renunciaram hoje aos respetivos cargos, numa reunião que terminou com a Oposição a rejeitar que essa resignação se tenha verificado, devido a assinaturas por autenticar.

A reunião era para decorrer à porta fechada, mas, perante a presença da Comunicação Social, os elementos da Oposição - em maioria nesse órgão autárquico - fizeram aprovar a entrada dos jornalistas.

Em seguida, o ainda presidente da Câmara, Ricardo Oliveira Figueiredo, comunicou a decisão de renunciar ao mandato e apresentou também as declarações no mesmo sentido assinadas por todos os elementos da lista do PSD às autárquicas de 2013, após o que o vereador independente Jorge Lima, do movimento "SJM Sempre", reclamou que esses documentos não tinham validade.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:

1 comentário

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE