Automóvel

Um Ferrari F430 e pneus certos à chuva no AIA

29 | 10 | 2015   19.32H

Pusemos à prova os novos pneus SportContact 6 (com fibra feita em Portugal) no Algarve ao volante de um Ferrari F430.

João Tomé | jtome@destak.pt

Chega a ser um dos patinhos feios (ou menos acarinhados) do mundo automóvel mas o desempenho e aderência de um automóvel não existe sem eles.

Os pneus são sempre importantes, ainda mais quando se quer um desempenho desportivo. O Destak esteve no Autódromo Internacional do Algarve (AIA) para conhecer os novos pneus superdesportivos Continental SportContact 6 no melhor local para os por à prova, a pista, e com veículos de exceção: VW Scirocco R e, no circuito, Ferrari F430.

Com a chuva a não dar tréguas em Portimão, primeiro foram feitos dois exercícios de VW Scirocco R, um em mini circuito e outro ao estilo teste do alce (com desvio de trajetória a velocidade elevada) e, apesar de não haver forma de comparar com a concorrência, deu para ficar surpreendido com a aderência notável (14% mais eficaz) em piso encharcado.

O novo pneu para jantes de 19 a 23” inclui um composto Black Chili que se adapta à estrada (com pequenas almofadas de sucção) e novo material Aralon 350 (fibra sintética entrelaçada com fio de nylon flexível, feita em Lousada, em Portugal) que permite velocidades de 350 km/h.

A cereja no topo do bolo foi testar esta eficácia no entusiasmante circuito do AIA. Ao volante do Ferrari F430 Spider, com motor central 4.3l V8 de 490 cv atrás dos dois lugares, tração traseira, caixa de 6 velocidades inspirada na F1.

A resposta é bruta e sonora (um 'rosnar' viciante) quando queremos intensidade mas, com o piso molhado e as curvas ‘cegas’ do AIA, a primeira volta foi para ganhar confiança, que cresceu ao percebermos que de curva em curva não era difícil manter o controlo desta ‘besta’ desenhada por Pininfarina com óbvio auxílio dos pneus SportContact 6.

As três voltas seguintes permitiram aprender o difícil e divertido circuito e domar com cada vez maior velocidade o F430, com fome de curvas.

Sempre que acelerávamos mais após sair de uma curva, era fácil perceber sempre que acelerávamos com mais intensidade, qual o limite entre aderência e o drift, algo que não explorámos devido ao facto do piso estar alagado.

O SportContact 6, só para quem quer desempenhos desportivos (mercado que está a crescer) e está disposto a pagar por isso, chega até ao final do ano.

Foto: DR
Um Ferrari F430 e pneus certos à chuva no AIA | © DR
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE