Actualidade

China condena mais um alto quadro do PCC próximo de ex-chefe da Segurança

03 | 11 | 2015   06.55H

Li Chongxi, um antigo aliado de Zhou Yongkang, o mais alto líder da China condenado desde a fundação da República Popular, em 1949, foi condenado a 12 anos de prisão por corrupção.

O ex-presidente da Conferência Consultiva Política da província de Sichuan, no sudoeste da China, começou a ser investigado no ano passado, juntamente com outros altos quadros do Partido Comunista Chinês (PCC) vistos como próximos de Zhou.

Segundo a sentença do tribunal, Li recebeu subornos no valor de 11,1 milhões de yuan (1,5 milhão de euros) e todos os seus ativos pessoais foram confiscados, noticiou a imprensa estatal.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:

1 comentário

  • Cá também. As secretas servem para os negócios privados. Pudera, somos uma colónia americana. Mais recebeu o Sócrates e anda-se a rir. Por enquanto.
    Manca mas há-de chegar | 03.11.2015 | 09.09Hver comentário denunciado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE