PUBLICIDADE
Face Oculta

Manuel Godinho condenado a mais dois anos e meio de prisão por corrupção

26 | 11 | 2015   12.54H

O sucateiro Manuel Godinho foi hoje condenado, no Tribunal de Aveiro, a mais dois anos e meio de prisão efetiva, por subornar um ex-funcionário da antiga Rede Ferroviária Nacional (Refer), também condenado no mesmo processo.

O coletivo de juízes deu como provado que o sucateiro pagou 128 mil euros a um engenheiro da Refer, que à data dos factos era responsável pela Via e Geotecnia da Zona Operacional de Conservação Sul, para praticar "atos materiais que visavam favorecer economicamente" as suas empresas.

Durante a leitura do acórdão, o juiz-presidente Jorge Bispo disse que o tribunal não ficou com dúvidas de que este dinheiro serviu como contrapartida pelas condutas que o ex-funcionário da Refer aceitou levar a cabo, no âmbito do acordo estabelecido com Manuel Godinho.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
Foto: CM
Manuel Godinho condenado a mais dois anos e meio de prisão por corrupção | © CM
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE