PUBLICIDADE
Saúde

Empresa de Coimbra inicia comercialização de seringa laser sem agulha

27 | 11 | 2015   09.46H

Uma empresa criada por investigadores da Universidade de Coimbra vai iniciar a comercialização de uma seringa laser, sem agulhas, para aplicação na pele de substâncias com finalidades terapêuticas e destinada a ser usada na área da estética.

"O nosso primeiro alvo é a medicina estética", disse à agência Lusa, Gonçalo Sá, da LaserLeap Technologies, adiantando que o novo equipamento não estará acessível ao público, mas sim a profissionais da área da dermoestética, como cirurgiões plásticos, dermatologistas e médicos estéticos.

A seringa laser diferencia-se das seringas de agulhas por ser indolor e não deixar marcas na pele: através do laser, é criada uma onda de pressão que, ao chegar à pele, gera uma "espécie de tremor de terra", deixando-a "durante alguns segundos permeável", o que facilita a aplicação do fármaco, que pode ser aplicado em creme ou gel, explicou o investigador Carlos Serpa, aquando da apresentação do protótipo, no verão de 2012.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:

1 comentário

  • Os dentistas é que deviam passar a utilizar este tipo de seringas em vez das agulhas que podem danificar o nervo dentário e originar parésias irreversíveis.
    AA | 27.11.2015 | 11.29Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE