PUBLICIDADE
Inauguração

Primeiro centro de noite do país em Baião não tem utentes e vai acolher refugiados

04 | 12 | 2015   18.25H

O centro de noite de Santa Leocádia, Baião, um investimento de 75.000 euros, inaugurado há um ano e anunciado como o primeiro em Portugal, não teve utentes até hoje e prepara-se para receber uma família de refugiados.

Segundo Vitor Pinto, presidente do Centro de Convívio e Apoio à Juventude e Idosos daquela localidade, a entidade gestora, o projeto tinha sido perspetivado há cerca de oito anos, altura em que havia interessados em frequentar aquele tipo de valência.

Contudo, frisou o dirigente, o projeto encontrou várias dificuldades na fase de licenciamento pela tutela da Segurança Social. Quando se conseguiu autorização para avançar, a capacidade apontada inicialmente para o equipamento, de 12 utentes, foi reduzida para sete, optando-se pela adaptação de um espaço já existente nas instalações da instituição.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE