Actualidade

Juízes contestam elevadores fora de serviço no Palácio da Justiça do Porto

16 | 12 | 2015   17.14H

A Associação Sindical dos Juízes Portugueses (ASJP) denunciou hoje que os elevadores do Palácio de Justiça do Porto não estão a funcionar, o que não só impede o acesso de pessoas com dificuldades mas também o transporte dos processos.

"Esta situação - de falta de renovação do contrato de manutenção dos elevadores que obrigam à sua imobilização - contraria frontalmente as Leis da República que consagram as especificidades das edificações onde se encontram instalados serviços públicos", pode ler-se na carta hoje enviada pela ANSJ à Direção-Geral da Administração da Justiça (DGAJ) a que a Lusa teve acesso.

Na missiva, a presidente da Direção Nacional da ASJP dá conta de uma deliberação tomada terça-feira pelo Conselho de Gestão do Tribunal da Comarca do Porto de "imobilizar todos os elevadores do Palácio da Justiça do Porto" depois de ter recebido a informação da DGAJ da inexistência de um contrato de manutenção.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • A Direção-Geral da Administração da Justiça está como os elevadores; não funciona, aliás, como quase toda a justiça neste triste país.
    zé burro | 16.12.2015 | 18.51Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE