PUBLICIDADE
Dia 7

‘Dalva e Herivelto, uma canção de amor’ estreia no canal Globo

05 | 01 | 2016   12.14H

Protagonizada por Adriana Esteves e Fábio Assunção, a nova minissérie do canal Globo conta a história de dois dos maiores nomes do samba-canção brasileiro, suas aventuras, amores e desventuras. Com autoria de Maria Adelaide Amaral, ‘Dalva e Herivelto, uma canção de amor’ estreia no dia 7, às 22h55, no canal Globo, exclusivo NOS.

A rádio, nas décadas de 30 a 60, foi responsável pelo lançamento de muitos ídolos no Brasil. Ser artista ou cantor de rádio era um desejo de milhares de pessoas, pois significava pertencer à elite cultural, além de ser uma garantia de sucesso e prestígio em todo o país. O público chegava a formar filas em frente à sede da Rádio Nacional, na Praça Mauá, no Rio de Janeiro, para assistir os programas.

No auge da época de ouro da rádio e do Cassino da Urca, a cidade transbordava glamour e elegância. Estrelas de cinema internacionais, personalidades políticas e cantores consagrados circulavam pelo Rio, contribuindo para uma atmosfera extremamente elegante. Um dos casais mais famosos deste período era Dalva de Oliveira e Herivelto Martins, dois nomes maiores do samba-canção, interpretados pelos atores Adriana Esteves e Fábio Assunção.

Dalva de Oliveira sempre teve uma bela voz e o apoio da mãe Alice, interpretada na trama por Denise Weinberg, para tentar seguir a profissão de cantora. Mas a sua carreira descambou no momento em que conheceu Herivelto Martins, memorável compositor e o grande amor da sua vida. Ele, rígido e disciplinador, fez da jovem a sua criação. Cuidando desde o repertório até aos arranjos, figurino e coreografia, Herivelto transformou Dalva numa estrela. A parceria entre os dois, no entanto, era melhor nos palcos do que em casa. Até hoje, o casal é lembrado não apenas pelas músicas, mas também pela paixão fulgurante que tiveram. Dalva e Herivelto, após terminarem treze anos de relacionamento, expuseram as suas dores e mágoas através das letras das suas canções, embalando o Brasil com os seus conflitos conjugais.

Embora muito apaixonada por Herivelto, Dalva nunca chegaria a ser completamente feliz em seu primeiro casamento. O compositor tinha muitas aventuras extraconjugais, o que enlouquecia a esposa de ciúmes. Ele, no entanto, sempre retornava para casa. Até o dia em que conheceu Lurdes, vivida na ficção por Maria Fernanda Cândido, uma mulher linda, jovem, aeromoça e filha de uma tradicional família gaúcha. Foi amor à primeira vista. Para ela, Herivelto fez serenatas, compôs canções e escreveu cartas de amor. Por ela, terminou o casamento com Dalva de Oliveira, que teve muita dificuldade em aceitar o fim do relacionamento.

Saiba mais sobre:
Foto: DR
‘Dalva e Herivelto, uma canção de amor’ estreia no canal Globo | © DR
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE