Estudo

Impacto da chegada dos europeus à América começou um século depois do primeiro contacto

26 | 01 | 2016   00.06H

O impacto da chegada dos europeus nas populações indígenas na América começou um século depois do primeiro contacto e coincidiu com o estabelecimento das missões religiosas, defende um estudo hoje divulgado pela Universidade de Harvard.

O novo estudo põe em causa o início do desaparecimento daquelas populações, que, segundo teorias, terá tido início mais cedo.

Segundo o estudo, liderado pelo professor Matt Liebmann, o impacto teve início um século depois do primeiro contacto entre europeus e nativos americanos, coincidindo com o estabelecimento das missões religiosas.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE