Actualidade

Vielas e lavadouros demolidos há 100 anos para dar lugar aos Aliados

31 | 01 | 2016   11.05H

A demolição da primeira pedra com vista à construção da avenida dos Aliados, no Porto, aconteceu há 100 anos, numa zona onde existiam "vielas e lavadouros" e duas ruas principais "muito movimentadas", recorda o historiador Germano Silva.

Era naquela zona que se concentravam as sedes dos bancos, de associações políticas e dos jornais do Porto, pelo que a nova avenida se transformou na "sala de visitas da cidade", ao abrir espaço para famílias inteiras ali se concentrarem, a passear ou a ouvir os relatos do FC Porto que os periódicos transmitiam quando os azuis e brancos jogavam em Lisboa, observou Germano Silva, em declarações à Lusa.

Muitas das instituições acabaram por abandonar os imponentes edifícios de granito que constituíram "a grande novidade" da avenida, cujo projeto de construção arrancou a 01 de fevereiro de 1916, mas os Aliados nunca deixaram de ser "o lugar de todas as manifestações e festas", devido à localização "muito central" e à proximidade da Câmara, "símbolo do poder da cidade", acrescentou o especialista em história do Porto.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE