Actualidade

Cerca de 100.000 pessoas retidas em estação de comboios na China devido ao frio

02 | 02 | 2016   08.48H

Cerca de 100.000 chineses que regressam a casa para celebrar o Ano Novo Lunar ficaram retidos na cidade de Cantão, no sul da China, numa altura em que a neve e o frio afetam a circulação ferroviária no país.

Os meios de comunicação locais publicam hoje fotografias de imensas filas na entrada da estação de comboios de Cantão, alegadamente com muitos passageiros a esperar até dez horas, apesar da temperatura rondar os dez graus.

Pelo menos 32 comboios estão atrasados devido aos nevões que afetam o norte da China e ao frio glaciar nas províncias do centro e leste, que chegaram a deixar algumas linhas congeladas.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:

1 comentário

  • Conversa. Ainda à dias estavam a dizer que a temperatura tinha subido x graus e que nunca o Mundo tinha tido estas temperaturas. Isto faz parte do plano para os fascistas do clima tomarem o poder.
    Gelado de nata | 02.02.2016 | 11.12Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE