Actualidade

Destruição de postos de trabalho na China é "mal necessário"

02 | 03 | 2016   05.16H

A destruição de postos de trabalho na China resulta de uma transição no modelo económico que "não pode continuar a ser adiada", face à "insustentabilidade" de algumas indústrias, escreve hoje a agência oficial chinesa Xinhua.

"Em setores como o do carvão e do aço, a mudança é imperativa, visto que o modelo vigente é insustentável", refere a agência sobre o excesso de capacidade de produção na indústria chinesa.

De acordo com o Ministério de Recursos Humanos e Segurança Social da China, só naquelas indústrias, a China deverá extinguir 1,8 milhão de empregos ao longo dos próximos anos.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE