Actualidade

Jornalista chinês desaparece após perguntar por carta que apela à demissão de Presidente

18 | 03 | 2016   06.48H

Familiares e amigos do jornalista chinês Jia Jia, que se encontra desaparecido desde terça-feira, receiam que tenha sido detido devido ao interesse por uma carta anónima que apela à demissão do Presidente chinês, Xi Jinping.

Jia Jia, 35 anos e uma figura conhecida dos meios de comunicação chineses, terá desaparecido quando se preparava para viajar desde Pequim com destino a Hong Kong.

Segundo afirmou à agência EFE um conhecido jornalista próximo de Jia, Wang Wusi, o caso poderá estar relacionado com o seu interesse por uma carta redigida por "membros leais ao PCC" (Partido Comunista chinês) que apelam à demissão de Xi.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:

1 comentário

  • Entre socialistas, todos devem ter um comportamento "politicamente correcto" ...
    Cândido Morais | 18.03.2016 | 11.19Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE