Estudo

Burocracia e impostos são principais constrangimentos de empresas francesas em Portugal

18 | 03 | 2016   07.01H

A burocracia e os impostos são os principais constrangimentos identificados pelas empresas francesas em Portugal, com 78% a apontar a burocracia como maior dificuldade, segundo um estudo hoje divulgado sobre o impacto do investimento francês em Portugal.

De acordo com o estudo "Contributo do Investimento Francês para Portugal", realizado pela Universidade Nova de Lisboa, 78% das empresas inquiridas apontaram em 2015 a burocracia como o principal constrangimento, seguindo-se os impostos (68%), as regulações fiscais (66%) e as leis laborais restritivas (61%).

Por outro lado, os aspetos apontados em último lugar como constrangimentos sentidos à realização de investimento em Portugal em 2015 foram a formação inadequada da força de trabalho (17%), o acesso a financiamento (20%) e uma insuficiente capacidade inovadora (22%).

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE