Actualidade

Cerca de 60% dos produtores dos Açores falidos um ano após o fim das quotas leiteiras

30 | 03 | 2016   07.00H

Um ano após o fim das quotas leiteiras na União Europeia (UE), cerca de 60% dos 2.132 produtores de leite dos Açores, que representam 30% da produção nacional, encontram-se em situação de falência técnica, segundo a federação do setor.

Na sequência da liberalização do mercado europeu a 01 de abril de 2015, o presidente da Federação Agrícola dos Açores, Jorge Rita, considerou que o setor leiteiro está a atravessar a sua "maior crise de sempre" e defendeu a adoção de medidas regionais, nacionais e europeias para inverter a situação.

O presidente do Governo Regional, Vasco Cordeiro, numa reivindicação em que é acompanhado por Jorge Rita, tem vindo a preconizar um envelope financeiro extraordinário no âmbito do programa específico para as regiões ultraperiféricas da UE, o POSEI, para fazer face aos impactos negativos do fim do regime de quotas, situação que se agravou com o embargo russo aos produtos europeus.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Têm que procurar outro tipo de actividade. Os comunistas já não mandam em Lisboa, com o 25N venceu a opção mercado livre e democracia a rodos. Por isso meus amigos, tratem de emigrar, é uma oportunidade para conhecerem outras gentes e quem sabe se não serão felizes por lá. Vá, vá, todos a apanharem os aviões low-costs ou queriam que o leite fosse a preços high costs?
    Cá se fazem cá se pagam | 30.03.2016 | 10.43Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE