Actualidade

Mitsubishi Motors admite manipulação de testes de emissões poluentes

20 | 04 | 2016   09.39H

O fabricantes japonês de automóveis Mitsubishi Motors admitiu hoje ter manipulado testes de emissões poluentes em, pelo menos, 625.000 veículos, alguns dos quais construídos pela também nipónica Nissan.

O anúncio surge numa altura em que a indústria automóvel tem sido sujeita a fiscalizações mais apertadas, depois de a alemã Volkswagen se ver envolvida num escândalo relacionado com fraudes nos testes de emissões.

A Mitsubishi Motors caiu hoje mais de 15% na bolsa de Tóquio após anunciar uma conferência de imprensa para explicar as "irregularidades" nos controlos de emissões poluentes, a maior queda desde julho de 2004.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Se o ambientalistas e os políticos nao fossem gays, maricons e outras variedades correlativas. Sabiam que não há milagres. Escusam estas bichonas de imporem metas absurdas que a física e a química não se alteram por elas se abanarem. O mesmo se passa como desporto, deixem de chatear com o doping. O petróleo está cada vez mais barato e estas criminosas bichas a massacrarem. O capitalismo é isto, inventar dinheiro onde ele não existe, agora os Judeus até são donos do ar. As empresas são derrubadas aos poucos e no final haverá um Judeu que é dono disto tudo. Ou não, depende de como os sonâmbulos se comportarem.
    Poluam à vontade | 20.04.2016 | 10.25Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE