Estreia

O general Macbeth de Fassbender

21 | 04 | 2016   16.06H

Michael Fassbender é o general Macbeth nesta nova adaptação da tragédia de Shakespeare, que morreu há 400 anos e cujas celebrações vão chegar este fim de semana ao UCI do El Corte Inglès (Lisboa) e da Arrábida.

João Tomé | jtome@destak.pt

Honra, amor, amizade, traição, guerra, morte. William Shakespeare escreveu a tragédia do general escocês Macbeth no início do século XVII que inspirou autores, obras de arte (da pintura a escultura), peças de teatro e filmes nos anos seguintes.

As adaptações ao cinema da obra do autor inglês começaram logo em 1908 mas as mais memoráveis são de Orson Welles, em 1950 (o próprio Welles fez de Macbeth), e de Roman Polanski em 1971.

O australiano Justin Kurzel foi o responsável por dirigir a nova adaptação, que se mantém muito fiel ao texto original mas vive de uma intensidade visual só possível nos tempos modernos.

Ao versátil Michael Fassbender coube o desafio que outros ingleses como Ian McKellen e Patrick Stewart já tinham passado em filmes televisivos de mostrar no grande ecrã os dilemas morais do general Macbeth.

Após uma grande vitória sobre forças da Noruega e Irlanda, ele recebe o título de duque mas depois de ouvir uma profecia que o abala é convencido pela manipuladora e com sede de poder companheira Lady Macbeth (Marion Cotillard) em tomar o lugar do rei escocês assassinando-o.

Todos os que se atravessam no seu caminho são eliminados mas a espiral de violência começa a atormentar o casal que dividiu a Escócia. Dividido em cinco atos, ao filme não falta ação e intensidade dramática.

Shakespeare Live! nos UCI
Para comemorar os 400 anos do aniversário de William Shakespeare, os cinemas UCI do El Corte Inglés e Arrábida transmitem neste sábado pelas 20H15 este espetáculo onde haverá a apresentação de performances de algumas das maiores cenas dramáticas já escritas. Não faltam canções, comédia, danças e música celebrando o legado de Shakespeare.

Apresentado por David Tennant no aniversário de Shakespeare, e transmitido ao vivo a partir de Stratford-upon-Avon, em Londres, este espectáculo repleto de estrelas, celebra a obra de Shakespeare e sua influência duradoura sobre a música, dança, ópera, teatro musical e comédia.

--
TAMBÉM ESTREIA
fantasia
‘O Caçador e a Rainha do Gelo’

A maior parte das sagas começam com uma sequela após um filme inicial. A Branca de Neve e o Caçador foi lançado em 2012 juntando numa fantasia negra personagens presentes nos contos dos irmãos Grimm e de Hans Christian Andersen.

Agora surge não a sequela mas a prequela (a ação decorre antes do primeiro filme) na filme-estreia do realizador Cedric Nicolas-Troyan (supervisor dos efeitos especiais no 1ºfilme.

Em ‘O Caçador e a Rainha do Gelo’ vemos Freya (Emily Blunt), a Rainha do Gelo e irmã da Rainha Má (Charlize Theron), protagonista do 1º filme, abandonar o seu reinado para viver exilada no Palácio de Inverno.

Capaz de converter em gelo qualquer inimigo, a jovem rainha treina um exército de caçadores onde estão Eric (Chris Hemsworth) e Sarah (Jessica Chastain). Mas ambos apaixonam-se e desafiam assim a mais importante regra da rainha. Freya descobre um plano de fuga e decide dar-lhes um castigo exemplar que envolve o Espelho Mágico da irmã, que está presa no seu próprio espelho. Freya acaba por libertar a Rainha Má e, juntas, fazem uma aliança para subjugar a Terra Encantada ao seu poder.

drama/comédia
‘Demolição’
Jake Gyllenhaal é um banqueiro de investimentos que perde a mulher e que começa a enviar cartas confessionais de reclamação para um serviço de vending machines e capta a atenção da relações públicas Karen (Naomi Watts).

drama/thriller
‘Suburra’
Stefano Sollima, conhecido pela série Gomorra, traz-nos agora este thriller sobre um criminoso chamado Samurai, que quer transformar a cidade portuária de Óstia, numa espécie de Las Vegas mas nem todos os chefes da mágia concordam.

documentário
'Gesto'
De António Borges Correia e apresentado na Fundação Calouste Gulbenkian em Setembro de 2011, este documentário sobre a surdez fez a sua estreia DocLisboa e alguns prémios e digressões depois chega agora à sala do Cinema City da Alvalade.

O filme aborda a inclusão e a aceitação da diferença que utiliza dois tipos de linguagem: oral e gestual, à medida que acompanha António, um rapaz de 18 anos que frequenta as aulas numa escola vocacionada para crianças surdas-mudas. O grande desejo de António é sair do país para estudar cinema e fazer carreira na Sétima Arte até que se apaixona por Irina, uma jovem que o compreende.

Saiba mais sobre:
Foto: DR
O general Macbeth de Fassbender | © DR
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE