Actualidade

Morreu refugiado iraniano que tentou imolar-se num centro de detenção em Nauru

29 | 04 | 2016   06.27H

As autoridades australianas confirmaram hoje a morte do refugiado iraniano que se tentou imolar pelo fogo há dois dias em protesto contra as condições de vida dos imigrantes no centro de detenção que a Austrália tem em Nauru.

"O homem morreu esta tarde num hospital de Brisbane", no nordeste do país, afirmou, em comunicado, o ministro da Imigração da Austrália, Peter Dutton, indicando que Camberra vai proporcionar "o apoio apropriado" à viúva e familiares.

Omid, um iraniano de 23 anos, imolou-se na passada terça-feira, num ato que coincidiu com a visita ao centro daquela remota nação do Pacífico Sul de três representantes do Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados (ACNUR), os quais presenciaram o feito.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE