turismo

Quanto pensam os portugueses gastar nas férias?

29 | 05 | 2016   15.41H

Os portugueses planeiam gastar entre €500 e €1000 nas férias. O estudo da momondo Travel Trends 2016 revela que poupar continua a ser a palavra-chave, e 28% tenta poupar em voos e 29% na estadia.

Destak | destak@destak.pt

O verão está a chegar e os Portugueses começam a pensar nas férias – 33% continua a preferir planear as suas viagens com 2 a 3 meses de antecedência o que significa que, provavelmente, a maioria está já a usar o seu tempo livre a pesquisar destinos de férias.

Planear cêntimo a cêntimo
O dinheiro continua a ser um fator sensível o que faz com que cada cêntimo gasto seja completamente planeado, contudo, 30% dos Portugueses admite preferir gastar o seu dinheiro em viagens. Curiosamente, 27% planeia gastar entre 1001 e 2000 Euros durante as suas férias (+ 5% comparativamente com os resultados de 2015) e 28% entre 501 e 1000 Euros.

Antes de irem de férias, durante a fase de planeamento, 59% dos Portugueses coloca dinheiro de parte com regularidade e 60% faz uma estimativa por alto relativamente ao total que poderá gastar tanto em voos como em estadia. Para poupar dinheiro, 29% dos Portugueses prefere escolher locais para estadia mais baratos e 28% procura voos mais baratos.

Procurar inspiração para as férias no Facebook
Na procura por inspiração, 49% dos Portugueses prefere conversar com os seus amigos e família ou procurar dicas em sites de viagens. As redes sociais também têm um forte impacto durante o planeamento, sendo que 61% dos Portugueses admite que o Facebook os ajuda a encontrar ideias para as suas férias.

Tipo de férias preferido
Somos um país à beira mar plantado e isso reflete-se possivelmente nas nossas preferências de férias. 65% dos Portugueses sonha com férias na praia e apenas 26% prefere city breaks. Uma nova preferência a assumir relevância no estudo “Travel Trends 2016” da momondo é a de Portugueses que preferem passar férias numa casa de praia no seu país de origem (21%), o que poderá estar relacionado com uma menor disponibilidade económica para a realização de férias fora do país.

Saiba mais sobre:

1 comentário

  • Poupar,crise pode voltar em qualquer momento!
    Alex | 29.05.2016 | 21.06Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE