Actualidade

Primeira unidade de cuidados continuados pediátricos abre este mês no Grande Porto

01 | 06 | 2016   05.00H

A primeira unidade de cuidados continuados pediátricos, que arranca este mês na região do Grande Porto, nasceu de um movimento da sociedade civil e foi construída exclusivamente com o apoio de mecenas, disse à Lusa o coordenador da rede.

Esta será a primeira experiência-piloto de unidades de internamento e de ambulatório de cuidados continuados pediátricos, com incidência nos cuidados clínicos de reabilitação, da Rede Nacional de Cuidados Continuados Integrados (RNCCI).

Em entrevista à agência Lusa, o coordenador nacional para a reforma do Serviço Nacional de Saúde na área dos cuidados continuados integrados, Manuel Lopes, avançou que primeira unidade abrirá portas no "início de junho" e "vai contratualizar 10 camas de internamento e 10 lugares de ambulatório".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE