PUBLICIDADE
Actualidade

Rede especializada da APAV apoiou 103 crianças vítimas de violência sexual este ano

21 | 07 | 2016   06.03H

A rede de apoio especializado da APAV a crianças e jovens vítimas de violência sexual, criada em janeiro, acompanhou, em média, 17 menores por mês, a maioria vítima de crimes cometidos em contexto familiar.

"A Rede CARE surgiu do projeto CARE, financiado pela Fundação Calouste Gulbenkian, e tem como objetivo especializar o apoio que é dado a crianças e jovens vítimas de violência sexual", disse à agência Lusa o gestor da rede, Bruno Brito.

Num relatório que reflete o trabalho desenvolvido pela Associação Portuguesa de Apio à Vítima (APAV) e pela rede, que será divulgado hoje, a associação pretende demonstrar o impacto da CARE no acompanhamento aos menores, através da comparação dos dados do apoio prestados entre 2013 e 2015 e o primeiro semestre de 2016.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE