Férias

Revisão antes da partida

03 | 08 | 2016   09.53H

Os pneus, as luzes, o combustível... Andar de carro é muitos mais do que a condução. Se não pretende dar férias ao automóvel, saiba que há gestos que podem fazer a diferença para umas férias em segurança.

Carla Marina Mendes | cmendes@destak.pt

Se é dos que preferem a liberdade à ditadura dos horários impostos pelas viagens de avião ou de comboio, dos que gostam mais de conduzir do que de ser conduzidos então o automóvel pode ser o meio de transporte preferido nestas férias. Mas atenção. É que antes de se lançar à estrada há cuidados que não deve esquecer. São mensagens que se repetem, ano após ano, com um objetivo: garantir a segurança na estrada. É que tal como acontece com o mar, também na estrada há o ir e o voltar.

É em nome dessa mesma segurança que a Prevenção Rodoviária Portuguesa deixa alguns conselhos para a manutenção básica dos veículos. A começar por uma inspeção de rotina, que deve servir para verificar aspetos essenciais. E esta deve ser feita «com o motor ainda frio, numa garagem ou numa estação de serviço». A pressão e o estado dos pneus é um dos apetos que deve merecer atenção.

E, aqui, para além do reforço da proteção nas estradas, uma pressão adequada é também amiga da carteira, ao permitir «aumentar a vida útil dos pneumáticos e um menor consumo de combustível». Marque, por isso, na agenda: uma vez por mês preste atenção a pressão, até porque, seja por falta ou excesso de ar, «a pressão desadequada compromete o comportamento do veículo». E não se esqueça também de verificar se está tudo bem com o pneu suplente, não vá precisar dele.

O estado das luzes e os sinais sonoros devem merecer igual atenção por parte do condutor. E isto uma vez mais antes da partida. «Para uma melhor visibilidade do veículo, da faixa de rodagem e dos obstáculos nela existentes, deve verificar regularmente o bom funcionamento de todo o sistema de iluminação, bem como dos sinais sonoros».

Os níveis de óleo e de água e, já agora, de gasolina – a última coisa que se deseja é ficar sem combustível no meio da viagem – são também aqui importantes, assim como certificar-se que o triângulo de sinalização e o colete refletor estão também a bordo. Uma pequena mala de primeiros socorros pode ser também útil.

Crianças, só nas cadeirinhas

Se viajar com crianças, não se esqueça dos sistemas de retenção adequados, sem os quais põe em perigo a segurança dos mais pequenos e arrisca uma multa. E, claro, uso sempre o cinto de segurança. Depois é só fazer-se à estrada. E boa viagem!

Foto: Nuno Fernandes Veiga
Revisão antes da partida | © Nuno Fernandes Veiga
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE