Actualidade

Dados do desemprego são animadores mas mercado de trabalho ainda é frágil

10 | 08 | 2016   14.04H

O secretário de Estado do Emprego, Miguel Cabrita, congratulou-se hoje com a redução para 10,8% da taxa de desemprego no segundo trimestre, abaixo da meta traçada pelo Governo para 2016, mas reconheceu a fragilidade do mercado de trabalho.

"Há uma recuperação económica, está a voltar a haver criação líquida de emprego e os dados são animadores [...] mas são dados que o Governo não embandeira em arco. Continuamos a ter questões importantes para resolver no mercado de trabalho", disse Miguel Cabrita à agência Lusa.

De acordo com as estatísticas do emprego divulgadas esta manhã pelo Instituto Nacional de Estatística (INE), a taxa de desemprego foi de 10,8% no segundo trimestre, inferior em 1,6 pontos percentuais (p.p.) à do trimestre anterior e 1,1 p.p. abaixo do trimestre homólogo de 2015, situando-se no valor mais baixo desde o primeiro trimestre de 2011.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE