Iniciativa

Há 2.500 livros à solta na freguesia de Arroios

07 | 09 | 2016   11.01H

Se encontrar um livro “perdido”, não resista ao impulso de levá-lo para casa. Até ao dia 15, há 60 títulos por dia para caçar.

Vera Valadas Ferreira | vferreira@destak.pt

Até ao próximo dia 15, são mais de 2.500 os livros possíveis de serem encontrados em vários pontos de Lisboa, numa iniciativa conjunta da Junta de Freguesia de Arroios e da Biblioteca de São Lázaro. Se, de repente, em pleno jardim, esplanada ou piscina municipal, encontrar um livro “perdido”... não resista ao impulso de levá-lo para casa.

Diariamente, estão a ser distribuídos entre 50 a 60 títulos, seja no Jardim do Torel, na Avenida Almirante Reis ou no Campo dos Mártires da Pátria, sempre nos perímetros da Estefânia, Penha de França ou Saldanha.

Em anos anteriores, o conceito de “ver e levar” também já tinha sido posto à prova, ainda que nas instalações da biblioteca, pelo que o número de pessoas a atingir com esta iniciativa aumentou exponencialmente. No catálogo disponível gratuitamente há romances, policiais e livros de poesia. Os mentores do projeto ambicionam mais para o ano.

Saiba mais sobre:

2 comentários

  • --------O Dia da Liberdade é comemorado em Portugal a 25 de abril.------------------------------ A data celebra a revolta dos militares portugueses que a 25 de abril de 1974 levaram a cabo um golpe de Estado militar, pondo fim ao regime ditatorial do Estado Novo, liderado por António de Oliveira Salazar / Marcelo Caetano, que governava Portugal desde 1933. O Movimento das Forças Armadas, composto por militares que haviam participado na Guerra Colonial e por estudantes universitários, teve o apoio da população portuguesa, conseguindo a implantação do regime democrático e a instauração da nova Constituição Portuguesa a 25 de abril de 1976 de forma pacífica. O símbolo do dia 25 de abril é o cravo, a flor que se colocou nas armas dos militares neste dia. Após a revolução foi criada a Junta de Salvação Nacional que nomeou António de Spínola como Presidente da República e Adelino da Palma Carlos como Primeiro-Ministro. Os dois anos seguintes foram de grande agitação social, período que ficou conhecido por PREC (Processo Revolucionário em Curso). Desta forma o dia 25 de abril é conhecido como o Dia da Liberdade em Portugal e o dia da Revolução dos Cravos, sendo um feriado nacional onde se recorda a importância da liberdade no país.
    RIC | 21.09.2016 | 18.11Hver comentário denunciado
  • Bom dia, Você está de bom caráter.Precisa de empréstimo para liquidar dívidas, pagar suas contas ou começar um negócio legal? Você tem uma contagem de crédito baixo e é difícil para você conseguir um empréstimo. Eu ofereço alegou o empréstimo de uma quantia de sua escolha, dependendo da quantidade solicitada com uma taxa de muito interessante fixa juros anual de 3% para todos os montantes.Para obter mais informações, estou à sua disposição.Contacte-me: E-mail: pereirasonia@outlook.fr Obrigado
    sonia pereira | 15.09.2016 | 11.42Hver comentário denunciado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE