Roteiro

Prolongue a sensação de férias sem sair de Lisboa

02 | 10 | 2016   14.35H
Quantas vezes não chega a sexta-feira com vontade de fugir da cidade e voltar para o seu mais recente destino de férias? Segundo um estudo da Home Away, 22% dos portugueses voltam a reunir os companheiros de viagem para ajudar a perdurar o sentimento de felicidade pós-férias, enquanto 18% começam a planear o próximo destino.
Patrícia Susano Ferreira | pferreira@destak.pt
Mas, e se lhe dissessem que pode prolongar a sensação de felicidade dos momentos de lazer, sem sair de Lisboa? O Destak criou um roteiro para que possa conhecer tudo aquilo que a capital tem, mas que durante a semana não tem tempo para descobrir porque está demasiado ocupado a trabalhar. Escolha a melhor companhia – seja a sua cara-metade,um amigo ou os seus filhos–,faça uma mala com roupa confortável e parta à descoberta dos recantos lisboetas. O Destak sugere o Turim Terreiro do Paço Hotel, que fica localizado numa das zonas mais centrais da cidade, e que ronda os 100 euros por noite, por exemplo, em novembro. Segundo o site booking, o ideal é fazer a reserva com antecedência devido à elevada procura, até porque a classificação da unidade hoteleira é de «fabuloso» (8,7 numa escala de 0 a 10). Se a manhã estiver de feição, comece com um pequeno-almoço no Terreiro do Paço. As modernas esplanadas no local oferecem uma vista privilegiada sobre o Cais das Colunas, o rio Tejo e a ponte 25 de Abril e ainda servem de ponto de partida para o passeio que traçámos para si. O Castelo de São Jorge é a paragem seguinte por todos os motivos e mais alguns. A caminho, descubra a arquitetura da Sé de Lisboa e tire umas fotografias da vista panorâmica que vai começando a ter sobre o rio e a cidade do topo da colina. A seguir, dê um pulo ao Martim Moniz, onde se pode perder pelas lojas de inspiração oriental e produtos típicos chineses e indianos e/ou subir ao rooftop do bar Topo; passe pelos Restauradores onde pode contemplar a Praça D. Pedro IV e o Teatro D.Maria II e suba ao Chiado. Nas ruas apertadas que o levam ao Bairro Alto, pare para almoçar. Além dos restaurantes dos Armazéns do Chiado, pode sempre partir à aventura e descobrir uma tasquinha num beco ou esquina típica desta zona da capital. De certeza que oferta será coisa que não faltará. A seguir ao repasto, há que contrariar a moleza, mas não é preciso ser muito. Pode embarcar numa viagem de tuk-tuk para conhecer os recantos da capital ou num passeio de Hippobus para ver Lisboa de outra perspetiva. No final, vai perceber porque todos os dias há mais turistas a escolherem a capital portuguesa como destino preferencial.
Saiba mais sobre:
Foto: Turim Terreiro do Paço
Prolongue a sensação de férias sem sair de Lisboa | © Turim Terreiro do Paço
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE