Actualidade

Guimarães assiste ao nascimento de novo festival de cinema focado no som

06 | 10 | 2016   16.51H

A partir de sexta-feira e até dia 15 deste mês decorre a primeira edição do festival Guimarães Cinema Som, um evento vocacionado para a arte sonora dentro do cinema que a organização pretende que se mantenha no futuro.

"O festival nasce porque nós somos profissionais de cinema e fizemos um estudo - e sobretudo porque não queremos fazer publicidade e só sabemos fazer cinema - de qual seria a cidade ideal para fazer este festival. Depois de recebido o estudo chegámos à conclusão de que seria Guimarães", disse à Lusa o realizador João Viana da produtora Papaveronoir, sediada em Lisboa.

Com uma retrospetiva do realizador Rob Rombout que vai mostrar 16 dos seus filmes, incluindo 11 estreias nacionais e uma mundial, o festival vai ter também uma secção competitiva de 30 curtas-metragens ("só coisas boas", classifica João Viana) e várias vertentes da secção não-competitiva, que incluem uma intitulada "Mudam-se os tempos" na qual filmes de referência terão acompanhamento musical ao vivo.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE