Actualidade

Produção autómovel continua a registar descidas e setor critica lei portuguesa

12 | 10 | 2016   18.42H

O setor da construção automóvel registou em Portugal uma nova descida (-10,3%), pelo nono mês consecutivo, continuando "marcado por alguma instabilidade dos ritmos de produção", segundo um comunicado hoje divulgado pela Associação Automóvel de Portugal (ACAP).

A ACAP indicou que, em setembro, as várias unidades industriais da VW Autoeuropa, Peugeot Citroen, Mitsubishi Fuso Truck Europe e Toyota Caetano produziram no total 12.330 veículos, traduzindo uma queda de -16,3% relativamente ao período homólogo do ano anterior.

A propósito destas quedas na produção, a ACAP refere a "ausência de mecanismos" legais que "permitam uma maior flexibilização dos ritmos de trabalho".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE