PUBLICIDADE
Gil Vicente

Companhia de Teatro de Almada repõe "Nao d´Amores"

14 | 10 | 2016   09.41H

A Companhia de Teatro de Almada (CTA) repõe, a partir de sábado, na sala principal do Teatro Municipal Joaquim Benite, a peça "Nao d'amores", um texto inédito de Gil Vicente, estreado em julho, na 33.ª edição do Festival de Almada.

Coproduzido pela companhia residente em Segóvia Nao d'Amores, dirigida por Ana Zamora, esta tragicomédia foi escrita em 1527 para celebrar o regresso a Lisboa dos reis portugueses D. João III e da sua jovem mulher Catarina da Áustria, após uma ausência de quase dois anos devido a uma epidemia de peste, e representada no mesmo ano e uma única vez, no Paço da Ribeira, segundo a encenadora.

Na peça, cuja ação decorre numa nau (a 'nao' de amores), cruzam-se personagens, todas de caráter alegórico, a própria cidade de Lisboa, o Amor, que conduz o barco, um Frade doido, um Pastor castelhano, um Negro, um Velho apaixonado e dois Fidalgos portugueses.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE