PUBLICIDADE
fotografia

Sintra Press Photo sob o tema flagelo humano

19 | 10 | 2016   20.54H

Mário Cruz, Phil Moore e Dominic Nahr são os fotojornalistas seleccionados para a segunda edição do Sintra Press Photo, que vai regressar ao MU.SA, este sábado.

Destak | destak@destak.pt

O evento está de volta com o tema flagelo humano, representado por imagens que chegam do Japão, República Democrática do Congo e Portugal, que refletem a urgência e o desespero de milhares de pessoas afetadas pelo conflito, pobreza e desastres naturais.

O português Mário Cruz, vencedor da Categoria Assuntos Contemporâneos do World Press Photo, é um dos nomes mais promissores do fotojornalismo nacional e internacional. Em Sintra vai expor “Roof”, um trabalho íntimo sobre um grupo de sem-abrigo a viver em edifícios abandonados na zona da Grande Lisboa.

Phil Moore, britânico, cujo trabalho assenta essencialmente na cobertura de crises humanitárias e conflitos mundiais, apresenta em Sintra “Nightwalkers”, uma série fotográfica sobre o êxodo de milhares de pessoas em fuga na República Democrática do Congo.

Colaborador assíduo da publicação Time e galardoado com alguns dos mais importantes prémios de fotojornalismo internacionais, o suíço Dominic Nahr, apresenta “Fallout” sobre o drama de Fukushima, desde horas após o terramoto, que levou à destruição da costa japonesa, e que culminou num dos maiores desastres nucleares da história.

Os três fotojornalistas vão marcar presença em Sintra, para a inauguração do Sintra Press Photo, e para uma conversa sobre o seu trabalho.

Saiba mais sobre:
Foto: DR
Sintra Press Photo sob o tema flagelo humano | © DR
Colaborador da Time, Dominic Nahr apresenta ‘Fallout’ sobre Fukushima
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE