PUBLICIDADE
Dia Mundial das Massas

Boas razões para comer massa

25 | 10 | 2016   19.38H

Hoje é dia das massas que, garantem os especialistas, não deviam faltar à mesa. Por mais do que uma razão.

Carla Marina Mendes | cmendes@destak.pt

Há datas para celebrar tudo e mais alguma coisa, pode pensar o leitor. E com razão. Esta terça-feira, Dia Mundial das Massas, é disso exemplo. Mas desenganem-se os que pensam que estas não merecem. «Faz todo o sentido ter um dia dedicado à massa, quer pela sua versatilidade, por ser um alimento muito nutritivo e também económico», confirma ao Destak Célia Craveiro, presidente da Associação Portuguesa dos Nutricionistas.

Apesar de todas as suas vantagens, nutricionalmente falando, as massas não escapam ao rótulo de inimigas da dieta. «Um mito» que importa deitar por terra, confirma a especialista. É verdade que, por pertencerem ao grupo dos cereais e derivados e tubérculos, fornecem «um nível calórico elevado». Mas, em compensação, «têm um baixo teor de gordura», que as deveria tornar presença obrigatória à mesa. E, além do mais, «não engordamos ou emagrecemos apenas por causa de um alimento. Se assim fosse, tudo seria mais fácil».

E é a ciência que o confirma, através de um consenso científico, que defende que a massa deve ser caracterizada como um alimento saudável, com hidratos de carbono complexos e, por isso, «aconselhada para a maioria das dietas».

Com conta, peso e medida

A recomendação da Roda dos Alimentos indica que devemos consumir entre quatro a 11 porções diárias de alimentos do grupo dos cereais e derivados, onde se incluem as massas. «Há que ter equilíbrio à mesa e, aqui, 200 gramas de massa cozinhada é um valor simpático para uma refeição», aconselha Célia Craveiro.

No prato, a companhia que é dada à massa é também importante. «Podemos sempre adicionar umas hortícolas, carnes brancas ou incluir umas leguminosas», refere a especialista. Mas atenção aos molhos. É que nestes, sim, devemos tentar cortar, diminuindo o seu consumo.

Uma vida longa

Comer massa não é coisa recente. Reza a história que existe à mesa desde a descoberta do fogo, contando-se, hoje, 600 formas diferentes produzidas por todo o mundo.

Foto: DR
Boas razões para comer massa | © DR

2 comentários

  • Exatamente. O cliente tem sempre razão: uma boa razão para comer massa é ter muita fome. Até o meu burro, quando tem fome, cardos come.
    Anónimo | 30.10.2016 | 23.23Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
  • Boa razão para comer massa é ter muita fome!
    Cliente | 26.10.2016 | 09.37Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE