PUBLICIDADE
Espanha/Eleições

Manuel Alegre saúda "coerência política e ética" de Pedro Sánchez

29 | 10 | 2016   20.25H

O dirigente "histórico" socialista Manuel Alegre saudou hoje a "coerência política e ética" do ex-líder do PSOE Pedro Sánchez, que renunciou ao lugar de deputado para não viabilizar a eleição de Mariano Rajoy como primeiro-ministro espanhol.

Pedro Sánchez, ex-líder do Partido Socialista Obreiro Espanhol (PSOE), renunciou ao lugar de deputado para evitar cumprir a obrigação de abstenção definida pela nova direção provisória do seu partido na votação que hoje elegeu o conservador Mariano Rajoy chefe do Governo.

"Como militante histórico do PS quero saudar a coerência política e ética do ex-secretário-geral do PSOE Pedro Sánchez, que manteve-se fiel à sua posição e aos eleitores e militantes que nele confiaram. Pedro Sánchez renunciou ao seu estatuto de deputado para não ter de cumprir uma linha política de abstenção imposta pela atual direção provisória do PSOE", declarou Manuel Alegre à agência Lusa.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

1 comentário

  • Ele es mais coerente que tu nâo passas de um oportunista da manada xuxa
    potiqueiro | 29.10.2016 | 21.58Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE