novembro

Penha de França recupera gosto em nadar

01 | 11 | 2016   14.32H

Junta, CCD Estrelas São João Brito e CML reabrem piscina fechada durante cinco anos, investindo 750 mil euros no espaço.

Vera Valadas Ferreira | vferreira@destak.pt

Cinco anos volvidos sobre o súbito encerramento das Piscinas da Penha de França, este equipamento está prestes a reabrir totalmente renovado, em resultado de um contrato-programa válido por seis anos, assinado entre a CML (com o empenho do vereador Jorge Máximo), a Junta de Freguesia e o Centro Cultural e Desportivo (CCD) Estrelas São João Brito. A inauguração está prevista para meados de novembro, garante Nuno Lopes – presidente da direção daquela associação que já gere a Piscina do Regimento de Sapadores Bombeiros. O Destak teve direito a visita guiada em exclusivo.

Num investimento de 750 mil euros, são muitos os melhoramentos no espaço a registar. O tanque de 25 metros e seis pistas ganhou profundidade (dos 1,20 metros para os 2,20 metros), por exemplo. «O recinto está mais luminoso, os balneários têm excelentes condições, temos elevador e WC para pessoas de mobilidade reduzida, e dormitório e refeitório para os nossos atletas olímpicos, num projeto único em Portugal», realça-nos o nosso cicerone.

Com capacidade para servir até 2 mil pessoas, este complexo funcionará das 7h30 às 21h, com aulas de natação (também para bebés) e hidroginástica (já com poucas vagas). Por aqui também haverá banho turco, massagens, acupuntura e... xadrez, uma das modalidades fortes do “Estrelas” e na qual a Junta da Penha de França quer apostar. Há packs especiais para famílias, reformados e funcionários camarários ou da junta. Está em estudo a construção de um tanque anexo de aprendizagem. A obra demorou cerca de sete meses e envolveu mais de 50 operários. No momento em que estiver a ler estas linhas, a piscina deverá estar a ser cheia de água...

Saiba mais sobre:
Foto: Vera Valadas Ferreira
Penha de França recupera gosto em nadar | © Vera Valadas Ferreira

1 comentário

  • Estou a ler osyo em março de 2017 e o tanque não está cheio de água nem sequer as obras concluidas. A piscina ainda não abriu. Fiz inscrição dos meus filhos em novembro,paguei e agora exijo a devolução do montante e nem sequer se dignam responder aos e-mails.
    Carlamguerra | 17.03.2017 | 13.57Hdenunciar comentário
    Tem a certeza que pretende denunciar este comentário? sim não
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE