Literatura

Teolinda Gersão afirma que conquistou a pulso a sua liberdade de escrita

21 | 12 | 2016   16.01H

A escritora Teolinda Gersão, distinguida com o Prémio Vergílio Ferreira/2017, da Universidade de Évora, disse à agência Lusa que conquistou a pulso a sua liberdade de escrita e se sente honrada com a distinção.

"Como eu não vivo da escrita, eu conquistei a pulso a liberdade de escrever de uma maneira totalmente livre, sem prazos, sem nenhuns espartilhos, apenas aquilo que o meu modo de ver as coisas, a minha consciência e maneira de ver as coisas me leva a escrever", afirmou Teolinda Gersão.

"Escrevo o que acho que deve ser dito, um testemunho sobre a minha época, sobre o que consegui apreender do mundo e também as lições de vida que fui tendo", sublinhou, em declarações à Lusa.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
Saiba mais sobre:
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE