França

Polícia suspeita de apoio interno no roubo de Kim Kardashian

10 | 01 | 2017   11.32H

Os investigadores do roubo da vedeta norte-americana Kim Kardashian West em França analisam a possibilidade de alguém próximo da vítima estar envolvido no crime e detiveram na terça-feira o seu motorista e o irmão deste.

Ocorrido em outubro e avaliado em nove milhões de euros, este foi o mais importante roubo de joias cometido em França nos últimos 20 anos.

Três responsáveis franceses, que não quiseram ser identificados, confirmaram que o motorista e o seu irmão mais novo se encontram entre as 17 pessoas detidas.

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE