Actualidade

Mais de 90% da emissão de dívida de longo prazo foi para fora de Portugal

11 | 01 | 2017   19.05H

A emissão de três mil milhões de euros de dívida de longo prazo hoje realizada pelo IGCP foi na quase totalidade para investidores internacionais, sobretudo europeus.

Numa nota hoje enviada, o IGCP - Agência de Gestão da Tesouraria e da Dívida Pública confirma a informação que a Bloomberg já tinha vindo a veicular: o Estado português emitiu Obrigações do Tesouro que vencem a 14 de abril de 2017, tendo conseguido uma taxa de 4,227% na primeira emissão de longo prazo do ano.

Quanto aos investidores que procuraram esta emissão, a entidade liderada por Cristina Casalinho considera que "a distribuição geográfica foi diversificada" e que teve uma "ampla participação de investidores baseados em França, Itália, Espanha e Reino Unido".

Destak/Lusa | destak@destak.pt
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE