PUBLICIDADE
Actualidade

Europa tem de habituar-se aos imigrantes, diz especialista francesa

14 | 01 | 2017   10.54H

A Europa tem de habituar-se a viver com os fluxos migratórios, que nem são perigosos nem colocam valores em causa, e desvalorizar discursos xenófobos, exacerbados após a eleição de Donald Trump para a presidência dos Estados Unidos.

É Marie Rose Moro quem o diz, psiquiatra de crianças e adolescentes mas também especialista em "transcultura" e migrações, escritora e professora na universidade de Sorbonne, em Paris.

"A imigração muda, em função de guerras, dificuldades económicas, questões ambientais, mas não vai parar. Muda em função de conflitos, de movimentos políticos e económicos, mas é um dado essencial da constituição das sociedades europeias", diz em entrevista à Lusa.

Destak/Lusa | destak@destak.pt

2 comentários

  • João 3: 16- Porque Deus amou o mundo de tal maneira que deu o seu Filho unigénito para que todo aquele que nele crê não pereça , mas tenha a vida eterna.
    Inês | 14.01.2017 | 15.44Hver comentário denunciado
  • João 15: 12- O meu mandamento é este: Que vos ameis uns aos outros, assim como eu vos amei.
    Inês | 14.01.2017 | 15.43Hver comentário denunciado
PUBLICIDADE
PUBLICIDADE